Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Estudos de Planejamento é um periódico da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Governo do Estado do Rio Grande do Sul (Seplag-RS). A publicação é destinada à divulgação de artigos, estudos e metodologias de caráter técnico-científico da área de planejamento e gestão governamental, respeitando o contexto local, regional e nacional em que estão inseridas.

Incentiva-se a submissão de manuscritos de autores(as) oriundos(as), tanto da academia quanto do setor público e demais organizações interessadas, respeitado o foco da revista. A Revista Estudos de Planejamento objetiva registrar a evolução teórica e metodológica no planejamento e gestão governamental e, subsidiar e qualificar a tomada de decisão de agentes públicos e privados, técnicos ou políticos.

Trata-se de um periódico semestral, que não cobra taxas para processamento de textos, nem para sua disponibilização a autores(as) e demais leitores(as). Trabalha com fluxo contínuo para recebimento de manuscritos, bem como com chamadas específicas para dossiês temáticos, conforme definição do Corpo Editorial.

Para submissão, confira as Instruções para submissão.

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Estudo, metodologia de planejamento ou avaliação de política pública

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Nota técnica

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Licença Creative Commons

Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original.