A RIDE METADE SUL DO RIO GRANDE DO SUL E AS ESCALAS DO PLANEJAMENTO REGIONAL

Paulo Roberto Rodrigues Soares, Leonardo Oliveira Sassi

Resumo


A presente nota busca analisar, desde a perspectiva do planejamento territorial, o projeto do legislativo federal de criação da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) da Metade Sul do Rio Grande do Sul. Abordamos inicialmente a utilização desta ferramenta de regionalização na escala nacional, apontando seu histórico e características, bem como discutindo sua efetividade. Posteriormente nos detemos a problemática das diversas narrativas e estigmas que, há algumas décadas, disputam o sentido da diferenciação entre Metade Norte e Metade Sul do Rio Grande do Sul. Por fim, elencamos os possíveis entraves a implementação da RIDE da Metade Sul do Rio Grande do Sul, questionando suas motivações e possíveis resultados práticos.


Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, H. P. L.; ALVES, A; M. Rides: por que criá-las? Geografias. Belo Horizonte 06(2), 87-101, Julho-dezembro de 2010.

BRASIL. Programa de Promoção da Sustentabilidade de Espaços Sub-regionais. (PROMESO). Brasília: Ministério da Integração Nacional: 2009.

BRASIL. Lei nº 13.089, de 12 de janeiro de 2015. Institui o Estatuto da Metrópole, altera a Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001, e dá outras providências.

BRASIL. Lei nº 13.683, de 19 de junho de 2018. Altera as Leis n 13.089, de 12 de janeiro de 2015 (Estatuto da Metrópole), e 12.587, de 3 de janeiro de 2012, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana.

CÂMARA DOS DEPUTADOS. PLP 543/2018. Projeto de Lei Complementar. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2185920. Acesso em: 19 mar. 2019.

CORONEL, D. A.; ALVES, F. D.; SILVA, M. A. Notas sobre o processo de desenvolvimento da metade sul e norte do estado do Rio Grande do Sul. Uma abordagem comparativa. In: Perspectiva Econômica; v. 3, n. 2, jul/dez. 2007. p. 28. In SENADO FEDERAL. Projeto de Lei Nº 129, de 2018 (Complementar).

FIRKOWSKI, O. L. C. F. Porque as regiões metropolitanas no Brasil são regiões mas não são metropolitanas. Revista Paranaense de Desenvolvimento, v. 122, p. 19-38, 2012.

FONTOURA, L. F. M. Pampa: terroir do gado bovino? Geosul, v. 34, n. 71, p. 213-238, Abril. 2019.

OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES. Relatório Unidades Territoriais Urbanas no Brasil. Rio de Janeiro: Observatório das Metrópoles, 2015.

MARTINS, C. A. A. Usos do território brasileiro no século XXI: notas para a análise dos investimentos na construção naval. Boletim Paulista de Geografia, v. 93, p. 83-113, 2013.

SENADO FEDERAL. Projeto de Lei Nº 129, de 2018 (Complementar). Autoriza o Poder Executivo a criar a Região Integrada de Desenvolvimento da Metade Sul do Rio Grande do Sul e instituir o Programa Especial de Desenvolvimento da Metade Sul do Rio Grande do Sul.

SENADO FEDERAL. Senado Notícias. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias. Acesso em: 19 mar. 2019.

SOARES, P. R. R. Décadence avec élégance (uma crítica ao discurso da Metade Sul do Rio Grande do Sul). Ágora (UNISC), Santa Cruz do Sul, v. 2, n.1, p. 67-85, 1996.

SOARES, P. R. R. Regiões metropolitanas ou aglomerações urbanas? Contribuição para o debate no Rio Grande do Sul. Ensaios FEE (Online), v. 36, p. 323-342, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Paulo Roberto Rodrigues Soares, Leonardo Oliveira Sassi

| Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul | Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão - RS | ISSN 2446-7251 |