SÍNTESE HISTÓRICA DO SURGIMENTO E OCUPAÇÃO DO CENTRO À OESTE DE SANTA MARIA/RS: A CIDADE, SEUS AGENTES DINAMIZADORES E SUA EVOLUÇÃO

Juliana Ferrari, Nina Simone Vilaverde Moura

Resumo


A cidade é um ambiente produzido, que constitui um espaço com sua dinâmica em constante transformação e resultante da interação de fatores físicos, biológicos e antrópicos. As intervenções sobre as cidades e consequentemente de sua paisagem ocorrem concomitantemente com sua produção histórica, derivando também suas condicionantes geográficas. O objetivo desse estudo consiste em investigar a evolução do espaço urbano de Santa Maria/RS, com enfoque no trecho de sua região Centro a Oeste, e identificar agentes dinamizadores históricos relevantes no processo de produção e transformação desse espaço, a fim de também agrupar e centralizar tais informações. Tal investigação e resgate foi guiada por procedimentos de pesquisa bibliográfica, pesquisa documental, sistematização de dados e seleção de indicadores. Como resultado foi possível identificar os períodos e marcos geo-históricos para cidade, bem como reconhecer o contexto histórico e socioeconômico da produção do espaço urbano que impulsionou e agiu sobre essa, e determinar períodos e agentes representativos na sua evolução. Entre os principais motivadores da expansão foram identificados a viação férrea, as instituições militares e as instituições de ensino. A economia sustentada pelo militarismo, pelo serviço público em geral, e pelo setor terciário, sendo uma cidade alicerçada no comércio. Entende-se que esse compilado de informações geradas durante a pesquisa serve de subsídio para outros estudos, entendendo que a sua geo-história e as alterações em sua morfologia exercem influência sobre outras estruturas e dinâmicas da gestão pública e do planejamento urbano.


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, D. B. Cobertura vegetal e qualidade ambiental na paisagem urbana de Santa Maria (RS). Dissertação (Mestrado em Geografia). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria, 2012.

BECKER, I. I. B. O que sobrou dos Índios Pré-históricos do Rio Grande do Sul. In: ______. Pré-História do Rio Grande do Sul. São Leopoldo. Ed. UNISINOS, 1991, 107-132.

BELÉM, J. História do Município de Santa Maria. Santa Maria: Ed. UFSM, 1989.

BELTRÃO, R. Cronologia histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho: 1787 – 1930. Santa Maria: Editora Pallotti. 1958.

BOLFE, S. A. Transformações do espaço urbano de Santa Maria – RS e sua região: tendências e condicionantes. Tese (Doutorado em Geografia), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

BOTEGA, l. da R. Urbanização e Ocupações na formação da periferia de Santa Maria-RS na segunda metade do século XX. In: RIBEIRO, J. I.; WEBER, B. T. (Orgs). Nova história de Santa Maria: outras contribuições recentes. Santa Maria: Câmara Municipal de Vereadores, 2012. p. 19-30.

CAMPOS, M. M. S. Expansão e interiorização do ensino superior no RS. Carta de Conjuntura FEE, Porto Alegre, Ano 24, n. 5, p. 3, maio 2015.

CARDOSO, E. Um momento na vida do município de Santa Maria. 1940.

CARLOS, A. F. A. A “Geografia Urbana” como disciplina: uma abordagem possível. Revista do Departamento de Geografia-USP, vol. especial 30 anos, p. 92-111, 2012.

CASTRO, I. E. Análise geográfica e o problema epistemológico da escala. Anuário do IGEO, Rio de Janeiro, 1992. Disponível em: http//www.anuario.igeo.ufrj.br/anuário_1992/vol_15_21_26.pdf. Acesso em: ago. 2018.

______. “O problema da escala”. In: CASTRO, I. E. et al. (Orgs.) Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro, Bertrand, 1995.

DAL’ASTA, A. P. Elaboração de zoneamento geoambiental para o perímetro urbano de Santa Maria-RS. 2009. 198 f. Dissertação (Mestrado em Geografia e Geociências) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.

GOMES, T. C. Crescimento urbano sobre os compartimentos de relevo no município de Santa Maria, RS. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Porto Alegre: IGEO/UFRGS, 2013. [157 f.].

GOMES, T. C.; MOURA, N. S. V. Intervenções Antropogeomorfológicas e as derivações ambientais decorrentes do processo de urbanização de Santa Maria/RS. Revista Discente Expressões Geográficas, v. 01, p. 82-102, 2015.

HUGGETT, R. J.. What Is Geomorphology?, In: . Fundamentals of Geomorphology, Second Edition. Taylor & Francis e-Library, 2007. p. 3 -30. Disponível em: http://www.cec.uchile.cl/~fegallar/Fundamentals_of_Geomorphology.pdf. Acesso em: dez. 2016.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. IBGE Cidades. Rio de Janeiro, 2017.

IHGSM. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Maria. Rio Grande do Sul. Ano 2, n. 2. 1963.

KARSBURG, A. O. Sobre as ruínas da velha matriz: religião e política em tempos de ferrovia (Santa Maria 1880-1900). Santa Maria: Editora da UFSM. 2007.

KONRAD, G. V. R. Os trabalhadores e o Estado Novo no Rio Grande do Sul: um retrato da sociedade e do mundo do trabalho (1937-1945). Campinas, São Paulo: [s.n.], 2006.

LIMA, B. Distrito Industrial de Santa Maria-RS: instalação e novas perspectivas. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014. 124 f.

MACEDO, J. H. S. A Guarda de Santa Maria: Um foco para o surgimento da cidade de Santa Maria. In: RIBEIRO, J. I.; WEBER, B. T. (Orgs.). Nova história de Santa Maria: outras contribuições recentes. Santa Maria: Câmara Municipal de Vereadores, 2012. p. 19-30.

MARCHIORI, J. N. C. A vegetação em Santa Maria. Ciência & Ambiente, Santa Maria, n. 38, jan-jun, p.93- 112, 2009.

MARCHIORI, J. N. C.; NOAL FILHO, V. A. Santa Maria: relatos e impressões de viagem. Santa Maria: UFSM, 1997.

MINUZZI, J. D. O. Uma impressão a cada viagem: Percepção da natureza do Pampa na visão de viagens europeus 1818-1858. Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós Graduação em História, Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria, 2017.

MOURA, N. S. V. Estudos Geográficos com Ênfase na Geomorfologia: Questões Teóricas, Metodológicas, Mapeamentos e Aplicações em Estudos Ambientais. Brazilian Geographical Journal: Geosciences and Humanities research medium, Uberlândia, 2011. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=3702251. Acesso em: nov. 2016.

PESSOA, M. L. (Org.). População do RS. In: _____. Atlas FEE. Porto Alegre: FEE, 2017.

PINHEIRO, A. C. Levantamento e análise do processo de ocupação irregular do solo urbano nos últimos 30 anos (1970-2000) em Santa Maria – RS, Monografia (Graduação em Geografia), Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2002.

Revista Comemorativa do Primeiro Centenário de Fundação da Cidade de Santa Maria. Porto Alegre: Globo, 1914.

RIBEIRO, G. Fernand Braudel e a geo-história das civilizações. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.18, n.1, jan.-mar. 2011, p.67-83.

_____. A arte de conjugar tempo e espaço: Fernand Braudel, a geo-história e a longa duração. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.22, n.2, abr.-jun. 2015, p.605-639.

ROCHA FILHO, J. M. A terra, o homem e a educação. Santa Maria: Pallotti, 1993.

ROSS, J. L. S. Análise empírica da Fragilidade dos Ambientes Naturais e antropizados. In: Revista do Departamento de Geografia n° 8, 63-74 pp. DG-FFLCH-USP, São Paulo, 1994.

ROSSATO, R. As condições da pesquisa na UFSM. In: FRANCO, M. E. D. P. (Org.). Universidade, pesquisa e inovação: o rio Grande do Sul em perspectiva. Passo Fundo: Ediupf; Porto Alegre: Edipucrs, 1997.

SALAMONI, G. F. O crescimento urbano por extensão e suas repercussões em estruturas urbanas: estudo de caso: Santa Maria-RS. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008, 372 p.

STROHAECKER, T. M. A urbanização no Litoral Norte do estado do Rio Grande do Sul: contribuição para a gestão urbana ambiental do município de Capão da Canoa. Tese (Doutorado em Geociências), Programa de Pós-Graduação em Geociências, Porto Alegre: UFRGS, 2007.

SUERTEGARAY, D. M. A; NUNES, J. O. R. A natureza da geografia física na geografia. Terra Livre, São Paulo, n. 17, 2 sem. 2001.

TRICART, J. O conceito ecológico. In: _____. Ecodinâmica. FIBGE/Supren. Rio de Janeiro, 1977.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Juliana Ferrari, Nina Simone Vilaverde Moura

| Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul | Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão - RS | ISSN 2446-7251 |