PARQUES DE PRODUÇÃO DE ENERGIA EÓLICA E TRANSFORMAÇÕES NA PAISAGEM – ESTUDO DE CASO EM SANTA VITÓRIA DO PALMAR/RS

Anelize Milano Cardoso, Erika Collischonn

Resumo


Numa região das mais isoladas do Estado, no extremo sul do país, logo no início da BR-471, rodovia que liga o município do Chuí ao município de Santa Vitória do Palmar, já estão instalados os primeiros aerogeradores do Complexo Eólico Campos Neutrais, que reúne três grandes parques: Geribatu, Chuí e Hermenegildo. As dez plantas, cada uma com mais de dez aerogeradores do Parque Eólico Geribatu já estão finalizados e em funcionamento, causando uma alteração drástica na fisionomia da paisagem. O objetivo deste trabalho foi compreender, a partir da literatura referente, o crescimento da produção de energia eólica, as características das áreas em que se implantaram parques ou complexos eólicos e os impactos dos objetos técnicos relacionados a esta produção na paisagem. Foi realizado, primeiramente, um levantamento de material bibliográfico sobre os métodos relativos ao estudo da paisagem, destacando-se a abordagem da percepção. Atualmente observa-se que as alterações sentidas na dinâmica do município, devido à instalação do Parque Eólico, não se limitam apenas ao impacto visual, tais como o aumento do fluxo do trânsito e a maior circulação de pessoas. Santa Vitória do Palmar, com a implementação do Parque, vive uma atmosfera de otimismo, ganhando uma nova identidade, alterando assim de forma positiva, a própria relação da comunidade local com o contexto que a circunda. Santa Vitória do Palmar, no imaginário local, passou a contextualizar-se no mundo globalizado através de um símbolo que representa a ideia de desenvolvimento limpo e responsável.


Texto completo:

PDF

Referências


AMARANTE, O.A.C., ZACK, M.B.E.J, SÁ, A.L., Atlas do Potencial Eólico Brasileiro. Brasília, 2001. 45 p. Atlas Socioeconômico do Rio Grande do Sul.

CARDOSO, Anelize M., Parques de produção de energia eólica e transformações na paisagem - estudo de caso em Santa Vitória do Palmar/RS. 2014. 82f. Trabalho de Conclusão de Curso – (Bacharelado em Geografia), Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014.

CORRÊA, R. L., Elaboração de projeto de pesquisa – Um guia prático para geógrafos. In: Geosul, 1996. Florianópolis, v. 11, n. 21/ 22. P. 169-172.

FERREIRA. Helen P. L. Variação dos níveis de base do sistema Laguna Barreira nas adjacências da Laguna Mirim. (Dissertação de Mestrado) UFGRS, Porto Alegre. Disponível em: Acesso em: 28 Set. 2014.

GIL, Antonio C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1987. 206 p.

HASSE, Jürgen. Bildstörung.Windenergieund Landschaftsästhetik.In: Wahrnehmungs geographische Studienzur Regionalentwicklung, Heft 18. Oldenburg: 1999, 328 p.

MINSITÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Energia Eólica. Disponível em: . Acesso em: 20 Set. 2014.

SANTOS, Milton. Metamorfoses do espaço habitado: fundamentos teóricos e metodológicos da geografia. São Paulo: Editora Hucitec, 1996.

SCHIER, Raul Alfredo. Paisagens e florestas: abordagem histórica e legislação.Curitiba: Reichs Editor, 2004.

VERDUM, Roberto. Percepção da paisagem na instalação de aerogeradores no Rio Grande do Sul. In: VERDUM, Roberto. Paisagem: leituras, significados e transformações. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2012. P. 73 - 86.

VERDUM, Roberto. Percepção da paisagem. Porto Alegre. UFRGS, Jan. 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

| Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul | Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão - RS | ISSN 2446-7251 |