ÍNDICE RELATIVO DE DESENVOLVIMENTO SOCIOECÔNOMICO DOS MUNICÍPIOS DO LITORAL NORTE DO RIO GRANDE DO SUL: UMA APLICAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL

Lauren Lewis Xerxenevsky, Adelar Fochezatto

Resumo


Este trabalho tem por objetivo analisar o desenvolvimento dos municípios da região do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Para isso, foi construído um índice de desenvolvimento relativo, o qual permite verificar os fatores do desenvolvimentobem como hierarquizar os municípios segundo o nível relativo de desenvolvimento. Os resultados mostram que, em uma escala de 0 a 100, o índice médio de desenvolvimento situou-se em 46,8. A ordenação segundo o grau de desenvolvimento evidencia que mais da metade dos municípios da região encontram-se na categoria de baixo desenvolvimento relativo. Os resultados mostram também que os fatores do subdesenvolvimento são diferentes entre os municípios da região, possibilitando a focalização de políticas públicas.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, R.; TATHAM, R.; BLACK, W.; HAIR, J.; e BABIN, J. Análise Multivariada de Dados. Bookman. Edição n°6, 2009.

ILHA, A.; FREITAS, C.; CORONEL, D. e ALVES, F. O potencial de desenvolvimento dos municípios da Metade Sul do Rio Grande do Sul: uma abordagem através da análise fatorial. Anais: 3° Encontro de Economia Gaúcha. Porto Alegre, 2006.

MATA, H.; PONCIANO, N.; SOUZA, P. e MIRA, E. Padrão e determinantes do desenvolvimento econômico e social dos municípios do Estado da Bahia: a dicotomia rural – urbano. Anais: XLVI Congresso da SOBER. Rio Branco, 2008.

MELO, C. e PARRÉ, J. Índice de desenvolvimento rural dos municípios paranaenses: determinantes e hierarquização. Revista de Economia e Sociologia Rural, vol. 45, nº 02, p. 329-365, abr/jun 2007.

MELO, C. Índice relativo de desenvolvimento econômico e social dos municípios do região sudoeste paranaense. Revista Análise Econômica, Porto Alegre, ano 25, n° 47, p.149-164, setembro de 2007.

MINGOTI, S. Analise de dados através de métodos de estatística multivariada: Uma Abordagem Aplicada. Editora UFMG, 2007.

NETO, A. e PEROBELLI, F. Potencial de desenvolvimento cultural das microrregiões de Minas Gerais: uma análise espacial. Seminário de Economia Mineira, CEDEPLAR, 2010.

OCDE. Handbook on Constructing Composite Indicators: methodology and user guide, 2008. Disponível em: http://composite-indicators.jrc.ec.europa.eu/

PEROBELLI, F.; OLIVEIRA, A.; NOVY, L. e FERREIRA, M. Planejamento Regional e Potenciais de desenvolvimento dos municípios de Minas Gerais na região em torno de Juiz de Fora: Uma aplicação de análise fatorial. Revista Nova Economia. V 9. N.1, julho, 1999.

MONTEIRO, V.P.; PINHEIRO, J.C. Critério para implantação de tecnologias de suprimentos de água potável em municípios cearenses afetados pelo alto teor de sal. Revista de Economia e Sociologia Rural. Rio de Janeiro, vol. 42, n. 02, p. 365-387, abr/jun 2004.

RESENDE, M.; FERNANDES, L. e SILVA, A. Utilização da Análise Fatorial para Determinar o Potencial de Crescimento Econômico em uma Região do Sudeste do Brasil. Revista Economia e Desenvolvimento, n° 19, 2007.

RIO GRANDE DO SUL. Rumos 2015: estudo sobre o desenvolvimento regional e logística de transportes no Rio Grande do Sul: documento síntese. SCP. DEPLAN-DCAPET. Porto Alegre: SCP, 2006.

ROSADO, L; ROSSATO, M e LIMA, J. Hierarquização e desenvolvimento socio-económico das microrregiões de Minas Gerais: uma análise regional. Anais: XLIII Congresso da SOBER. Ribeirão Preto, 2005.

SOARES, A.; GOSSON, A.; MADEIRA, M. e TEIXEIRA, V. Índice de Desenvolvimento Municipal: hierarquização dos municípios do Ceará no ano de 1997. IPARDES - Revista Paranaense de Desenvolvimento, n.97, p. 71-89, set./dez. 1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



| Boletim Geográfico do Rio Grande do Sul | ISSN 2446-7251 |